Mapa



Um pré-requisito para colocar um mapa em um dashboard, é que o mapa já esteja disponível no Gaio, quer seja um mapa importado (GeoJson) ou um mapa criado manualmente.

Outro ponto fundamental, e que a tabela tendo os dados a serem impressos no mapa, precisa ter uma coluna de geografia no formato que o mapa espera. Por exemplo o mapa é por Estado e espera o nome do Estado em duas letras (SP, RJ, MG). Então, a tabela que vamos entregar para o mapa obrigatoriamente precisa ter uma coluna nesse formato.

Para incluir um mapa em um dashboard, clique primeiro na tabela com os dados a imprimir no mapa, acesse Tarefas e escolha Mapa.



Nessa interface, toda a configuração esta no menu à esquerda:

Escolha um mapa já carregado no Gaio. Pode ser um mapa por Estado de todo um País, pode ser por cidade de um Estado ou País.
Escolha a coluna da tabela de dados que irá se relacionar com a coluna chave do Mapa.
Marcar esse checkbox fará com que o campo chave do mapa seja apresentado ao passar o mouse por cima do mapa. Todas as colunas da tabela de dados serão apresentados no mapa. Caso não queira apresentar alguma coluna, terá de remover da tabela antes de usar no Mapa.
Formato do Campo: se alguma transformação simples for necessária fazer no GeoJSON para coincidir com os valores da coluna chave da tabela de dados, é possível ser feito aqui, como colocar as letras maiúsculas.
Indicador: Escolher a coluna que irá definir as cores nas geografias do mapa.
Cores: Definir a forma como as cores aparecerão. Duas possibilidades estão disponíveis.
Gradiente: as cores serão distribuídas automaticamente e de forma uniforme, indo do vermelho ao verde ou outra cor que o analista escolher nos próximos passos.
Condicional: nessa opção o analista define critérios e cor caso o critério seja atendido.
Definição de quais cores devem ser usadas para valores baixos, intermediários e altos.
Quantidades de valores no gradiente.
Limite de linhas: o analista pode trazer uma tabela para o mapa com milhões de linhas e não atender para o fato que o browser pode travar com esse alto volume. Por isso há uma limite por padrão de 100 linhas, mas esse valor pode ser alterado se o analista entender que é necessário podendo chegar a 10 mil linhas.
Link: por fim, é possível vincular o mapa a outro processo. Sendo assim, quando um usuário clicar em qualquer polígono no mapa, o Gaio o conduzirá a outra tela, sendo que terá sido passado todos os valores da linha da tabela de dados como parâmetros para o processo de destino.

É nessa tela que é definido o zoom do mapa. Ajuste aqui e será refletivo no dashboard.
Este artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!