O SQL Externo realiza uma importação pura. Ao contrário de uma importação realizada através da tarefa Consulta, a importação via SQL Externo não identifica automaticamente o nome das colunas e seu tipo (String, Int, Float, etc), cabendo ao usuário fornecer essas informações.

A principal vantagem dessa tarefa é a capacidade de executar querys complexas na sintaxe do banco de dados de origem, possibilitando ao usuário aproveitar-se de um trabalho já existente, ou de funcionalidades específicas presente em outras tecnologias como por exemplo: functions, procedures, e triggers.

1. Liberação

Para que seja possível realizar a importação através da tarefa de SQL Externo, o cadastro da fonte precisa estar com a flag "**Permitir executar SQL puro na fonte**".

Antes de clicar em salvar, você precisa inserir novamente o usuário e senha da sua Fonte de Dados.



Ver mais em Gestão > Fontes

2. Configuração



Dê um nome para a tarefa (opcional)
Escolha a fonte de dados
Insira a query
Marque para ativar a importação
Dê um nome para a tabela resultado da importação
Adicione a quantidade de colunas desejadas
Insira o nome das colunas (necessariamente precisa estar igual à fonte de dados)
Especifique o tipo das colunas
Salve e execute a tarefa.



Resultado Consulta SQL Externo
Este artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!