G
G
Gaio Documentation
Gaio Analytics
Search
K

Email

A possibilidade disparar emails trás muita flexibilidade, mas dependendo do conteúdo desejado a ser enviado, pode exigir habilidade em HTML, CSS do analista.
Contudo, enviar um email simples é uma atividade rápida.
Três formas de disparo são possíveis no Gaio:
  1. 1.
    SendGrid: Esse é um popular provedor de disparo de email.
  2. 2.
    AWS (Amazon Web Services): Popular Data Center que além de diversos outros produtos e servicos, oferece o disparo de email sob o título de SES (Simple Email Service).
  3. 3.
    SMTP: Essa é a forma mais simples, desde que você tenha as informações de disparo de email de sua empresa.
Tenha em mente que é necessário que uma das colunas da tabela de origem contenha o email das pessoas que receberão o email, que pode ser personalizado.
SPAM É necessário muito cuidado com os disparo de emails. As tecnologias Anti-SPAM se tornaram muito eficientes e é importante que emails sejam enviados para quem realmente precisa e deseja receber, para evitar o risco de os mesmo não chegarem e o email/domínio remetente caia em falta de credibilidade.

1. Mensagem

Para qualquer um dos três caminhos acima para o disparo, clique na tabela onde contém os dados para envio, vá no menu Tarefas e clique em Email.
  1. 1.
    Começando pela preparação da mensagem, três informações que estamos acostumados precisam ser fornecidas
  2. 2.
    Destinatário: coluna que contem o email dos destinatário desse email.
  3. 3.
    Assunto: Pode ser um texto estático ou pode receber colunas da tabela, como na imagem foi usada a coluna nome.
  4. 4.
    Mensagem: Aqui pode ser um texto simples, porém pode ser usado HTML, Java Script e CSS para dar estilo à sua mensagem. Na imagem acima e usada uma biblioteca que permite criar imagens de gráficos de forma prática. Isso faz com que o email vá com os gráficos no corpo do email.
Personalizando o email Qualquer coluna da tabela de origem pode ser usada no email. Isso significa que o email pode ser altamente personalizado ao criar colunas que analisam o comportamento de cada cliente e com um CASE em um campo calculado, gerar mensagens completamente diferentes para clientes com comportamentos diferentes.

2. Fontes de Dados

É possível usar outras tabelas para compor o email.
Na aba Fonte de Dados basta que sejam informadas as tabelas que serão utilizadas e suas colunas estarão disponíveis para serem utilizadas, de acordo com a forma de chamar abaixo:
{{ table_name[0].column_name }}
Onde:
  • table_name é o nome da tabela.
  • [0] é a primeira linha da tabela.
  • column_name é o nome da coluna a ser utilizada.

3. Configuração SendGrid

Antes de iniciar a configuração, é necessário ter uma conta no SendGrid, que irá fornecer os dados para configurar aqui.
  1. 1.
    Serviço: escolha o serviço SendGrid.
  2. 2.
    Usuário: informe o usuário cadastrado nesse serviço.
  3. 3.
    Senha: informe a senha cadastrado nesse serviço.
  4. 4.
    Email de envio: informe o email do remetente.
  5. 5.
    Tabela de log: nome da tabela que ira registrar o log dos envios.
  6. 6.
    Histórico: definição de quantos dias de histórico serão guardados.

4. Configuração AWS

Crie sua conta na AWS se não tiver e configure o serviço SES (Simple Email Service).
  1. 1.
    Serviço: escolha o serviço AWS.
  2. 2.
    Access key ID: informe o Access Key ID fornecido pelo serviço.
  3. 3.
    Secret Access Key: informe o Secret Access Key fornecido pelo serviço.
  4. 4.
    AWS Region: é necessário informa em qual região da AWS o serviço está configurado.
  5. 5.
    Email de envio: informe o email do remetente.
  6. 6.
    Tabela de log: nome da tabela que ira registrar o log dos envios.
  7. 7.
    Histórico: definição de quantos dias de histórico serão guardados.

5. Configuração SMTP

Nessa configuração geralmente é necessário que o administrador de email forneça as informações do servidor de SMTP para a configuração da tarefa Email.
  1. 1.
    Serviço: escolha o serviço SMTP.
  2. 2.
    IP/Endereço/Servidor: informe o servidor SMTP usado pela empresa.
  3. 3.
    Porta: informe a porta utilizada para disparos de email.
  4. 4.
    Usuário: informe o usuário para se conectar ao servidor.
  5. 5.
    Senha: informe a senha para se conectar ao servidor.
  6. 6.
    Email de envio: informar o email do rementente.
  7. 7.
    Tabela de log: nome da tabela que ira registrar o log dos envios.
  8. 8.
    Histórico: definição de quantos dias de histórico serão guardados.
  9. 9.
    TLS/STARTTLS: se o servidor de email exigir esse protocolo de segurança, ligar a chave.
Last modified 4mo ago