Formulário



Formulários no Gaio assume dois papéis:

Filtros em dashboards, permitindo que o usuários escolha o que será exibido
Ser uma interface de entradas de dados que serão utilizados para diversos fins, como por exemplo guardar dados dentro do Gaio. Nesse caso pode substituir planilhas que guardam dados dentro da empresa

Para criar um relatório, acesse o menu esquerdo e na opção Formulário, clique no botão Novo Formulário.



Com isso, abrirá o construtor de formulários abaixo, que é divido em três áreas:

Configurações do formulário
Campos do formulário
Configurações Gerais do campo escolhido



1. Configurações do Formulário

No item Rodar processo é definido qual processo será executado quando o usuário Enviar Formulário. Nesse momento, o Gaio entregará os valores preenchidos ao processo de destino em parâmetros que devem ter sido criados previamente.

O formulário pode ser executado de duas formas:

Background: nessa opção o processo destino será somente executado.
Ir para o processo: nessa opção o Gaio irá executar o processo escolhido e o dashboard desse processo será trazido à tela.

1.1 Background

Ao rodar em background, pode ser importante que a tela seja atualizada, que os valores selecionados no formulário sem limpos e também pode ser solicitado ao usuário que ele confirme o envio do formulário antes de enviar.

1.2 Ir para o processo

Já o ir para o processo trará os dados que o outro processo de dashboard contém.

2. Campos do formulário

Vários tipos de campos estão disponíveis para compor o formulário.



3. Configurações Gerais do campo

Várias configurações são necessárias para cada campo inserido no formulário.



Como exemplo, usamos abaixo um campo do tipo Múltipla escolha:

O primeiro passo é vincular o campo a um parâmetro criado anteriormente, para que esse receba o valor digitado pelo usuário ao enviar o formulário. Se não tiver criado o parâmetro anteriormente, salve o formulário, vá na criação do parâmetro e volte ao formulário.
Somente visualização: é um campo que é apresentado ao usuário, mas o mesmo não pode alterar.
Obrigatório: O usuário só consegue enviar o formulário se tiver preenchido os campos obrigatórios.
Botão: Os valores do campo serão exibidos como botão lado-a-lado e não como uma lista de valores vertical na qual se marca qual item será selecionado.
Modo de input de valores: os valores do campo podem ser informados nesse local ou podem vir de uma coluna em uma tabela específica. Nesse segundo caso, o usuário deve informar a Aplicação, Tabela e Coluna da qual os valores virão. Essa opção é interessante por que as opções de valores sempre estarão atualizadas automaticamente com os valores da tabela.
Valor do parâmetro: é o valor que será passado no parâmetro e entregue ao processo de destino. Ex.: código do produto.
Referência visual: é o valor que o usuário irá ver na tela. Ex.: descrição do produto.
Ordenação: é possível ordenar a coluna de forma crescente ou decrescente.
Linhas: De acordo com o item 5, pode ser que ocorra dos valores serem buscados em uma coluna com altíssimo volume de opções, por exemplo Nome do Cliente em uma empresa que tem 50 milhões de clientes. Não é coerente buscar esse volume de opções para um campo de formulário. Com essa opção, você irá restringir o volume de opções ao usuário e evitar que o Navegador trave com tantos dados.
Título: título do campo que será apresentado ao usuário.
Descrição: texto de apoio para o usuário saber como preencher o campo. Não obrigatório.
Algumas opções diferentes serão oferecidas dependendo do tipo de campo escolhido, mas sem grandes variações em comparação ao explicado acima.

4. Usando um Formulário em Dashboards

Estando com o formulário pronto, agora é necessário inserir o mesmo em um processo do tipo Dashboard, para que o usuário tenha acesso. Para isso, no Menu Tarefas é encontrado o Formulário.

Um dashboard pode ter mais de um formulário, inclusive com diferentes formas de apresentação, como botão, formulário aberto no dashboard e formulário escondido no menu à direita do dashboard.



Ao clicar, as configurações do formulário para esse Dashboard (processo) escolhido são apresentadas:
Nome do formulário que o usuário verá.
Escolher o formulário criado para ser exibido.
Com essa opção, no dashboard será apresentado somente um botão, que ao ser clicado mostrará o formulário.
Essa opção trará o formulário dentro do dashboard, lado a lado com gráficos e tabela. Nesse caso é fundamental abrir o Editar Dashboard para dimensionar o tamanho do formulário na tela.
Usando o formulário em barra lateral, o usuário sempre que quiser visualizar os campos/filtros, deverá clicar no canto direito superior do dashboard para abrir um menu lateral com os campos.
Ao marcar o botão Comportamento de filtro, o Gaio irá ocultar o botão Enviar e sempre que o usuário clicar em algum valor do campo, todos os valores serão enviados e no caso do formulário chamar o próprio processo que ele está, a tela será atualizada com novos dados.
Não usar visual de card no dashboard: marcando esse checkbox o Gaio não trará borda ao formulário e nem terá a cor branca de fundo.

Finalmente, o texto, cor e tamanho do botão enviar podem ser alterados.
Este artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!